Dirceu Nones Secretário de Agricultura e Meio Ambiente fala de quanto arrecada o município de Rio do Oeste com a Agropecuária.
14/03/2018 15:05 em Novidades

Ouça a entrevista com Dirceu Nones:

SECRETARIA DE AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE DE RIO DO OESTE

A agricultura e a pecuária são setores econômicos muito importantes para o município de Rio do Oeste.

Em 2016 o SC – MOVEC (Sistema de Acompanhamento Econômico) apresentou os seguintes dados relacionados ao Movimento Econômico de Rio Do Oeste:

AGROPECUÁRIA:  62,8125% ( R$ 110.684.330,46)

  INDÚSTRIA:   26.7171%  (R$47.079.246,95)

  COMÉRCIO: 7,2989% (R$ 12.861.628,52)

  SERVIÇOS : 3,1715% ( R$ 5.588.685,39) 

  TOTAL : 100% ( R$ 176.213.891,32)

  As principais atividades agropecuárias são:

Fumo, leite, arroz, comercialização de animais,  suínos, plantas ornamentais, mudas frutíferas, peixe  e  madeira.

Para atender as demandas deste setor a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente prioriza ações integradas com entidades como EPAGRI, SINDICATOS, SENAR, ICASA e CIDASC para planejar e executar ações objetivando atender as demandas do meio rural do Município.

 Principais atividades realizadas pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Rio do Oeste e entidades parceiras: EPAGRI, SENAR, ICASA, CIDASC E Sindicatos em 2017.

 Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (CMDR)

A fim de dar espaço e fortalecer o setor da agricultura no Município, existe o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural. Reuniões ocorreram para definições de normas, prestação de contas e orientações sobre programas e serviços disponíveis.

O conselho é formado por representantes das diversas comunidades e entidades ligadas ao setor agropecuário e uma das novidades é que através de um questionário os conselheiros avaliaram a situação do meio rural e priorizaram ações para atender suas demandas. Baseado nestas prioridades a Secretaria da Agricultura e entidades parceiras elaboraram um Plano de Trabalho, para ser executado em 2018.

Calcário

Em 2017 através do Programa Terra Boa do Governo do Estado foram distribuídos em Rio do Oeste 2.820 toneladas de calcário, beneficiando 188produtores. O Município participou deste Programa na entrega deste calcário proporcionando aos agricultores uma economia acima de R$ 100.000,00 (cem mil reais) referente ao frete. Encaminhou 406 amostras de solo ao laboratório subsidiando 250 destas amostras correspondendo a R$ 7.500,00. Para facilitar e melhorar as amostras remetidas ao laboratório foram confeccionados 06 TRADOS para serem emprestados aos agricultores para fazerem as coletas de amostras do solo.

 Serviço de Máquinas

A demanda por serviços de máquinas é muito grande nas propriedades rurais. Em 2017 foram atendidos mais de 190 produtores. Para atender melhor a necessidade, a Secretaria apresentará para 2018 uma proposta de terceirização destes serviços.

Notas Fiscal de Produtor

No ano de 2017 a Exatoria (Bloco de notas) atendeu aproximadamente 1.287 produtores com serviços como: 37 novas inscrições, 75 alterações cadastrais, entrega de 4.010 notas fiscais sem custo para os  agricultores, além do recebimento das notas emitidas.

Serviços de Inspeção Municipal

Em parceria com a Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi), a Secretaria trabalha para implantação do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária – SUASA, no Alto Vale , para viabilizar a produção e comercilização de produtos de origem animal e vegetal, oportunizando assim mais uma alternativa de renda para muitas famílias rurais.

Dia de Campo e Seminário Regional do Arroz Irrigado

Rio do Oeste conta com uma unidade demonstrativa de arroz irrigado, onde são avaliadas as principais cultivares de arroz cultivadas no Estado. No período da colheita realizou-se um Dia de Campo para que os produtores pudessem melhor conhecer as cultivares, trocar experiência e esclarecer dúvidas com os técnicos presentes. Foram realizados ainda o Seminário Regional do Arroz Irrigado e a reunião da Câmara Setorial do Arroz Irrigado de Santa Catarina, eventos com cerca de 230 participantes de todo o Estado.

 Fortalecimento Associações de Agricultores

Para aumentar a consciência da necessidade cada vez maior da organização e do trabalho em grupo, umas das prioridades da Secretaria é fortalecer as Associações de Agricultores e auxiliar principalmente nos procedimentos burocráticos, que exigem orientação e suporte, e em aspectos relacionados a aquisição de máquinas e na normatização da utilização destas pelo grupo beneficiado.

 Atendimento Veterinário e Inseminação Artificial

Outro serviço é o atendimento clínico veterinário, com cerca de 120 ocorrências mensais, para o rebanho bovino do município. Há ainda um plantão, que garante suporte aos sábados, domingos e feriados.

Com relação a inseminações artificiais são fornecidos: nitrogênio, doses de sêmen e treinamento para que produtores se tornem inseminadores. Hoje, cerca de 70 produtores de município estão capacitados.

 Piscicultura

A piscicultura é uma atividade em ampla exploração no município, sendo uma alternativa de diversificação da propriedade rural, atualmente a Associação de Piscicultores de Rio do Oeste (APRO) conta com 33 produtores onde na safra 2016/2017 foram produzidos 480 ton de tilápia. A atividade vem se destacando pelo baixo emprego de mão-de-obra e pela rentabilidade por m² de área, conta hoje com um técnico voltado a atividade para facilitar todas as etapas desde o licenciamento, projeto de crédito e assistência em todas as fases do cultivo até o momento da despesca.

 Preservação do Meio Ambiente

A primeira iniciativa para o fortalecimento do setor de Meio Ambiente foi a reestruturação do Conselho Municipal Deliberativo (COMDEMARO), tanto em relação à legislação, quanto à diretoria e a composição da equipe. A entidade permite que questões ambientais possam, de fato, ser debatidas e trabalhadas no Município com maior representatividade. As reuniões acontecem mensalmente toda última quarta-feira do mês. Muitos assuntos já foram abordados e deliberados pelo Conselho que conta com apoio e orientação técnica.

Uma das ações já realizadas nesse ano foi a Campanha de Recebimento Itinerante de Embalagens Vazias de Agrotóxico promovida em parceria com a Associação de Agropecuárias da Bacia do Rio Itajaí (AABRI).

A coleta seletiva de lixo acontece em todo o município contando com estrutura própria para triagem e destinação correta dos resíduos.

 Municipalização da FATMA

Rio do Oeste está em processo de renovação do convênio com a FATMA assinado no ano de 2014. Atualmente o Departamento de Meio Ambiente possui uma equipe técnica multidisciplinar que analisa os requerimentos e estudos apresentados, agilizando desta maneira os processos de licenciamento ambiental e cadastro de conformidade.

O licenciamento ambiental é um procedimento administrativo solicitado aos empreendimentos ou atividades que utilizam recursos naturais ou que possam causar algum tipo de alteração ou impacto ao meio ambiente.

 Melhoramento de Pastagens

Através do Programa Terra Boa – Kit forrageira, mais de 40 produtores de leite tem recebido incentivos e orientações principalmente no que refere-se implantação e manejo de pastagens perenes.

 Veículos

 Foram adquiridos através de doação  da Epagri 03 (três) veículos usados.

  ICASA

São atendidos em média 200 (duzentos) produtores por mês para fornecimento de brincos, atualização de saldo,  e emissão de GTAs.

 Mudas frutíferas e ornamentais

A Secretaria de Agricultura de Rio do Oeste se mantém integrada com Cidasc, Epagri, Crea e Ministério da Agricultura para que os produtores de mudas atendam as exigências legais da atividade.

Na produção de mudas cítricas Rio do Oeste é destaque não só estadual,  temos  16 produtores, produzimos mais de 650 mil mudas representando um faturamento aproximado de R$ 3.000.000,00 ( três milhões de reais), por ano.

 Convênio com Epagri

Com um repasse de R$ 32.956,00 para a Epagri em 2017, Rio do Oeste renovou o convênio, com isso temos dois profissionais em período integral e uma auxiliar adaministrativa duas vezes por semana.

A presença da Epagri em Rio do Oeste nos contempla com  acesso a uma série de programas Estaduais e Federais, além de toda estrutura de pesquisa, extensão e  profissionalização.

 Senar

Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), são disponibilizados cursos gratuitos sobre os mais variados temas. A atividade conta com aulas teóricas e práticas.

O SENAR em Rio do Oeste  acompanha com assistência técnica de uma médica veterinária  19 famílias que trabalham com gado leiteiro e beneficiou com cursos 260 produtores em nosso município.

Cursos realizados em Rio do Oeste em 2017:

       beneficiamento e conservação de pescado;

       processamento de carne de frango;

      processamento de carne suína;

      ensilagem;

      informática;

      emissão de nota fiscal eletrônica de produtor rural;

      fluxo de caixa;

  Feira do Agricultor

A Feira do Agricultor tem sido relizada junto com datas comemorativas do Município. Para 2018 a Epagri realizará um trabalho de assistência técnica direcionado para 10 famílias que produzem hortifrutigranjeiros e com essas, queremos ver se há produtores que também tenham perfil para comercialização, para com isso tornarmos a feira rentável para os agricltores e atraente para a população urbana. 

 Relatórios

Em 2017 a Secretaria de Agricultura tem cobrado de seus funcionários relatório mensal de  atividades  e controle de quilometragem dos veículos. Para 2018 a intenção é aperfeiçoar esses controles.

 Outras atividades realizadas

Emissão de documento, laudos, recomendações técnicas, informações para crédito agrícola, CCIR/INCRA, CAR- Cadastro Ambiental Rural etc.

COMENTÁRIOS